Livros 2016 #3: Triggers

Um dos melhores livros que já li na minha vida. Muito bem escrito e extremamente informativo, como eu esperava de um livro de Goldsmith.

Keywords: behavior, change, comportamento, coach

O foco do livro é em identificar os gatilhos emocionais, como eles afetam sua vida pessoal e profissional. Com essa informação, criar um plano de mudança comportamental e ações de acompanhamento.

Goldsmith mostra através de vários exemplos tirados de seu trabalho como coach como um determinado comportamento afeta a vida pessoal e profissional das pessoas, e como ele ajudou essas pessoas a encontrar uma forma de mudar esses comportamentos e garantir que a mudança seja permanente.

Livros 2016 #2: A cor da magia

Extremamente difícil de ler e muito decepcionante. Me foi indicado por alguém em quem confio e, por isto, prossegui com a leitura até o final.

O livro é de fantasia, um tema que gosto muito. Porém, a narrativa é primária e mal conduzida. Por diversas vezes precisei reler trechos inteiros até entender o que o autor queria dizer. No final do livro, entendi que a falta de coesão do texto foi o que mais me incomodou o tempo inteiro.

Além disto, a estória é bem simplória e pouco atrativa. Após finalizar a leitura, imaginei que poderia ser um problema de tradução, já que li a versão em português, porém lendo resenhas no Goodreads, encontrei várias pessoas, de vários países, com a mesma opinião que a minha. E uma resenha me chamou a atenção com a justificativa de que este foi o primeiro livro de Pratchett, o que justifica muito das minhas observações. O mesmo leitor informou que livros posteriores são muito bons, o que me animou a ler outros livros do autor.

Não recomendo a leitura desse livro, a não ser que você deseje conhecer os fundamentos básicos do Discworld antes de partir para os livros mais elaborados do autor.

Livros 2016: #1 Jogos Vorazes – A esperança

Último livro da trilogia Jogos Vorazes. Um pouco cansativo na minha opinião. A estrutura dos três livros é exatamente igual e isto torna tudo muito previsível. A forma de narrativa é seca. O livro é dividido em três partes: 1) extremamente lenta, com excesso de detalhes, especialmente no terceiro volume quando o público já conhece os personagens e o cenário; 2) a autora começa a adicionar emoções às personagens, o que torna a narrativa um pouco mais veloz para dar o tom da raiva de Peeta e a desolação de Katniss; 3) onde a ação realmente acontece de forma rápida e incisiva, sem tempo nenhum para o leitor absorver o que está acontecendo.

A aceleração da narrativa ao longo do livro é proposital e é isto que atrai tanto os leitores.

Porém, o final me decepcionou. Por um lado porque não poderia ser de outro jeito. Por outro, porque foi pobremente explorado pela autora.

De qualquer forma, recomendo a trilogia para quem estiver procurando um livro de fácil leitura para se distrair nas férias.

Novo blog: Carreira+Opinião

Caros!

Tomei uma decisão muito importante hoje: criei o blog Carreira+Opinião. A intenção é deixar em um lugar especial os posts que estou escrevendo sobre carreira.

Já transferi o post de ontem (que foi um sucesso! Obrigada!). E vou começar a repostar alguns antigos daqui que tem relação com o tema.

No Carreira+Opinião tem um formulário de sugestões. Se tiver alguma pergunta ou tema que gostaria de ouvir minha opinião, dê sua sugestão! Será um prazer responder!

Abraços!

Vanessa Campos