Eleições 2016: Prefeitura de Campinas

Apesar de eu não morar em Campinas – e não ter transferido o título esse ano – tenho acompanhado as eleições meio de longe, até porque passo 75% do meu dia por aqui. E também porque conheço a política da cidade, já que vivi aqui mais de 30 anos da minha vida.

Estamos na última semana antes das eleições e a apelação está rolando solta. E eu estou na dúvida sobre qual candidato está apelando mais.

Temos três candidatos concorrendo e o atual prefeito tentando a reeleição. Vou focar nos candidatos-apelação e deixar o Jonas Donizete em paz dessa vez.

Os cadidatos são: Hélio, Pochmann e Orsi.

Continue reading

Livros 2016 #4: Smarter, Faster, Better

Excelente livro. Recomendo a leitura para quem deseja entender melhor como a motivação e o modelo de decisão funcionam.

O livro é dividido em oito capítulos que focam em temas interconectados. O objetivo final do livro é mostrar, através desses oito pontos, como se tornar uma pessoa (e um profissional) motivado, eficiente, que toma decisões melhores e mais rápido.

O primeiro ponto é a motivação. Muitas vezes nos falta motivação para começar uma tarefa. Isto porque enxergamos como uma “tarefa” que devemos fazer, e não como uma decisão que tomamos. Ou seja, não existe o sentimento de controle sobre a situação. Então a primeira dica é:

“Tome uma decisão que o coloque no controle da situação. Descubra como a tarefa atual está ligada a algo que você realmente se importa.”

Exemplo: pergunte-se por quê está realizando aquela tarefa; qual o objetivo final que você quer atingir.

O segundo ponto é definir metas. Ter a motivação não é suficiente para direcionar suas energias para o ponto certo. Definir qual a meta a atingir é importante, mas planejar como atingi-la é essencial. Para isso a dica é:

“Defina uma meta principal (stretch goal) e as metas intermediárias – use o método SMART.”

Provavelmente, para definir as metas SMART, você precisará se conhecer bem e pensar nos menores passos necessários para atingir sua meta principal.

Terceiro ponto é foco. Este é um dos pontos mais difíceis, principalmente porque somos cercados de informações e eventos que mudam nosso foco para outras coisas, e nos levam longe de atingir nossas metas. E, na maioria das vezes, esquecemos de prestar atenção nas coisas que realmente são importantes. A dica do livro é:

“Crie uma visão do que acontecerá. O que ocorrerá primeiro? Quais os obstáculos? Com essa visão, se algo ocorrer de maneira diferente, você rapidamente notará e poderá tomar ações sobre isso.”

Quarto ponto é a tomada de decisão. Nenhuma decisão é fácil. E aquelas que podem desviar nosso caminho do foco das tarefas que desejamos realizar, e das que vão nos levar a atingir nossas metas – ou desviar delas – é mais difícil. Pensar em quais resultados são possíveis de ocorrer e o impacto que isto vai causar, e pensar em qual a probabilidade daquele cenário ocorrer nos ajuda a tomar a melhor decisão. Lembrando que tomamos a melhor decisão com base nas informações que temos e de quais futuros visualizamos.

“Visualize múltiplos futuros, colete informações para identificar o que aconteceria de acordo com a decisão. Use seus instintos para buscar diferentes perspectivas, de forma a deixar mais claras suas opções.”

Outros itens importantes:

  • Criatividade: use suas experiências, e o conhecimento de como outros resolveram problemas. Use métodos conhecidos para resolver problemas novos
  • Combinar dados de maneiras diferentes para encontrar padrões. Fazer experimentos com diferentes soluções para um problema e anotar os resultados para analisar sua eficiência.

Entendendo a mim mesma, criando minhas metas… e atingindo-as

Depois de quase três anos de volta a Campinas, muita leitura, muita aventura, finalmente cheguei ao ponto de entender realmente quais os pequenos passos que tenho que tomar para retornar ao meu ponto de equilíbrio.

Então, com esse foco, aqui estão minhas metas – e dessa vez, nada de colocar dentro do ano-calendário:

  • Retomar frequência de leitura (aprox 50 livros por ano)
    • Para atingir esse, são duas ações: a) encher o puff para ler aos finais de semana – OK; b) dois dias na semana ficar na alameda lendo
  • 5km em 30 min até março 2016
    • Retomar treinos de musculação (2x semana); Retomar natação (2x semana); Treino aeróbico (2x semana)
      • Deslocar horário de trabalho para garantir os treinos
    • 1 corrida oficial por mês – OK
  • Controle do stress
    • SPA 1x semana – OK
    • Máximo 4HE por mês, e retirar as folgas dentro do mês
  • Investir na minha formação de coach
    • Inscrição no curso do IBC – OK
    • Escrever um post por semana no blog

Receita: chipa

Finalmente encontrei a receita!

Ingredientes:

4 ovos

1 xícara (chá) de leite

5 colheres (sopa) de óleo

500g queijo meia cura ralado

1 colher (sopa) fermento em pó

500g polvilho doce

sal a gosto

Preparo:

Em uma tigela misture os ovos, leite e óleo até ficar homogêneo. Adicione o queijo e misture bem. Acrescente o fermento e o sal e misture. Adicione o polvilho aos poucos até dar o ponto da massa.

Faça rolinhos e coloque na assadeira em formato de ferradura. Asse no forno a 200º.

Incursões culinárias (nerd): Bolo Millennium Falcon

Ok, resolvi fazer uimg-20160904-wa0005ma grande arte. Esse ano eu viajei muito e em uma dessas viagens comprei uma forma da Millennium Falcon. Isso mesmo!img-20160904-wa0008

Semana passada resolvi estrear a forma com um bolo especial para o time. Como o bolo é pequeno e o time grande, resolvi fazer uma base de bolo de chocolate para “pousar” a nave e esse foi o resultado:

 

 

 

 

As receitas estão aqui:img-20160904-wa0011

Base de chocolate: massa do Naked Cake Oreo

Nave: massa do Bolo de Baunilha

Cobertura: recheio do Naked Cake Oreo com corante amarelo damasco

Usei granulado de chocolate para enfeitar.

Receita: Naked Cake Oreo

Ingredientes – Massa

  • 6 colheres de sopa de chocolate em pó dissolvido em 240 ml de água
  • 50 g de manteiga sem sal (temperatura ambiente)
  • 3 xícaras de açúcar
  • 3 ovos
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 1 xícara de leite
  • 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio
  • uma pitada de sal

Ingredientes – Recheio

  • 3 latas de leite condensado
  • 2 colheres de sopa de manteiga (temperatura ambiente)
  • barra de chocolate branco (opcional)
  • 1 colher de sopa de essência de baunilha
  • 2 pacotes de oreo ou negresco (2 e 1/2 pacotes de 140 g)

Modo de preparo

img-20160904-wa0013Em uma tigela bata os ovos e o açúcar. Dissolva o chocolate em pó em 240 ml de água e acrescente à mistura. Adicione a manteiga e o sal e misture tudo até ficar homogêneo. Adicione a farinha, uma xícara por vez, e misture bem. Dissolva o bicarbonato de sódio no leite e adicione à massa.

Leve para assar em uma assadeira untada com óleo e farinha, em forno preaquecido, por 45 minutos aproximadamente, a temperatura de 200ºC.

Receita original em: http://www.tudogostoso.com.br/receita/171793-bolo-naked-cake-oreo.html

Para o recheio, faça um brigadeiro branco. Derreta a manteiga e o chocolate branco. Adicione em uma panela com o leite condensado e cozinhe até o ponto de brigadeiro mole. Adicione a essência de baunilha.

12295525_1030397700357987_7785021168097684679_nMontagem

Corte o bolo ao meio e separe as partes. Espalhe o brigadeiro branco  em uma das partes e cubra com a outra. Cubra o bolo com o restante do brigadeiro e enfeite com as bolachas oreo cortadas ao meio.

 

Receita: pão de queijo

Já fiz várias receitas de pão de queijo, mas essa foi a que ficou exatamente como eu queria: crocante por fora e macio por dentro. Então resolimg_20160911_180954408vi colocar aqui para não perder mais.

Ingredientes

2 xícaras (chá) de polvilho azedo

2 ovos

3/4 xícara (chá) de óleo vegetal

1/2 xícara (chá) leite desnatado

sal a gosto

queijo minas padrão a gosto

Rendimento

Aproximadamente 20 unidades médias

Preparo

Coloque o polvilho em uma tigela. Adicione os ovos e misture bem. Acrescente o óleo e misture até ficar uniforme. Acrescente o leite e misture tudo até ficar homogêneo. Acrescente o queijo e sal a gosto.

A massa fica consistente, mas não a ponto de moldar. Veja na foto ao lado.

Pré-aqueça o forno a 200ºC. Use uma colher para colocar pequenas porções da massa em uma assadeira. Asse até que a massa cresça e doure (veja fotos abaixo).
img_20160911_172906464img_20160911_180938406img_20160911_180738481
O resultado foi ótimo: ficou bem crocante por fora, úmido por dentro (veja foto no topo). E o melhor, que eu não havia conseguido em receitas anteriores: não murchou depois.