Mal uso de ferramentas

Uma coisa que as pessoas precisam entender sobre mim é que eu odeio telefone. Sempre odiei. Telefone é uma ferramenta para emergência; para passar um recado; negociar algo importante; comunicar algo que pode ser mal interpretado usando outras mídias.

Agora que estamos na era do chat encontro outro problema. E já presenciei, ou soube, de vários casos de problemas de comunicação por conta do chat. Com a internet, as pessoas começaram a esquecer cada vez mais o português correto. E isto só complica mais as coisas. Causa mais problemas ainda de comunicação. E sem falar nos conflitos culturais, quando as duas partes são de locais diferentes.É muito recorrente os problemas que vejo surgirem por conta disto. Já parou para pensar em como usamos as palavras para coisas diferentes? E não depende só do contexto. Depende muito do seu background. E também da sua cidade de origem. Eu sempre fui curiosa sobre idiomas e o português é algo que me fascina. Como podemos ter tantas palavras e mesmo assim usar várias delas para o mesmo significado?

Exemplos bobos são os de alimentos. Já viu quantos nomes tem a mandioca? Isto sempre me fascinou e eu sempre tentei ao máximo me adequar à fala do ouvinte.

Tanto que me adaptei aos vocábulos de Campo Grande de forma bem rápida. Provavelmente não usei eles logo de cara, pois não me pareciam naturais, mas agora já são parte de mim.

Mas ao longo da minha vida notei que a maioria das pessoas não é assim. Elas não tentam se adaptar ao seu interlocutor. E isto é causa de muitos problemas de comunicação.

Voltando ao telefone… uma das piores invenções foi o telefone celular. Não temos mais sossego. Eu não gosto de ser interrompida por telefone e agora o celular está sempre à mão. E muitas pessoas não tem noção do horário que podem te ligar. Como eu não gosto de ser chamada ao celular (acho invasivo) tenho grande dificuldade de chamar as pessoas no celular, principalmente se eu sei que estão no escritório. Não gosto de usar ferramenta particular para assuntos de negócio.

Outro dia comentei com um colega sobre a visão de celular para as mulheres, pois ele comentou que a esposa não atende ao telefone. Gente, telefone não é para ser atendido! É para fazer ligação rs Brincadeiras à parte, o que acontece é que mulher coloca celular na bolsa e, por mais alto que o toque esteja, não ouvimos. É um fato. Não queremos sacanear. Não atendemos porque não queremos. Não ouvimos ele tocar!

O meu, em particular, fica no volume mínimo. E desativei vários toques de alertas. Desinstalei facebook do celular porque as pessoas sempre acham que estou online. Eu não respondo e gera confusão. Não ouço toque do WhatsApp. Não ouço mensagem de texto chegar. Só se o celular estiver em cima da mesa.

Estou constantemente em reunião. Nessas horas, não posso atender telefone. É sério!

E chat pelo celular? Eu odeio o autocomplete do celular. Ele sempre manda uns textos nada a ver com o que eu queria falar. E quando eu recebo texto nada a ver, demoro pra tentar entender o que o corretor “corrigiu”. Muitas vezes, nem respondo a mensagem ou mando um bando de interrogações. O que, no fim, dá na mesma, porque as pessoas geralmente não entendem o que aquele monte de pontos significa. Caos formado.

Sei que não vou conseguir mudar o mundo. Sei que muita gente ainda vai ficar chateada porque eu não atendo ao telefone as vezes. Porque eu não respondo mensagem após as 23h (gente, tô dormindo nesse horário!!). O que me resta é manter o rumo e aprender a lidar com isso.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s