Livros 2012: #38 Take it to the next level

Apesar de não ser um livro (descobri depois que é um áudio com 4 cds e um workbook), é uma excelente escolha. Depois que descobri que não é livro entendi porque não encontrava a versão impressa rs

O tema é muito bom. O “autor” é Marshal Goldsmith, o mesmo de What got you here won’t get you there, já comentado por aqui. Goldsmith pega a mesma linha de raciocínio do livro, mas se aprofunda nos trechos mais difíceis. Segundo a Amazon, o livro trata de:

  • Como você pode estar se iludindo sobre seu próprio sucesso
  • Por que feedback é mais difícil do que se pensa, e 5 modos de recebê-lo sem perguntar
  • O que você deve parar de fazer imediatamente
  • O futuro do coaching
  • Desafios enfrentados por líderes, e como eles os superam
  • O momento ideal de mudar

O áudio realmente se aprofunda nesses tópicos. São 4 CDs e estão organizados de forma lógica. Primeiro ele fala sobre como identificar quem precisa de coaching. Mas isto não é o mais importante. É importante, também, que se identifique quem merece o investimento de coaching. Se a pessoa escolhida não tem interesse em mudar ou acha que não precisa mudar, não invista! Marshall cita um caso de coaching onde, segundo ele, “o melhor que pude fazer por ela foi sugerir a sua demissão”. De acordo com o áudio, não existe pessoa ruim ou empresa ruim, mas existem pessoas que são ruins para aquela empresa naquele momento. Se o perfil não combina, não vale o esforço de tentar o coaching. É preciso avaliar todos os casos e decidir se é uma situação em que o investimento será recompensado para ambos os lados.

O segundo CD foca em feedback. Como é difícil dar feedback, seja construtivo ou positivo. Goldsmith introduz o conceito do feedforward. Para mim, é o novo nome de conselho. O conceito é orientar a pessoa antes, dar dicas de comportamento, apresentar alternativas à situações, para que, quando ela se defronte com a situação, tenha mais ferramentas para usar e tomar a melhor decisão.

O terceiro CD fala muito sobre coaching e traz a sugestão do peer coaching, que nada mais é do que duas pessoas sendo coach uma da outra. A aplicação é muito interessante: escolha uma pessoa que tenha uma habilidade ou comportamento que você gostaria de aprender com ela, e que você tenha algo que ela possa aprender. Façam um peer coaching por um tempo determinado (sugiro no máximo 4 meses), com reuniões periódicas. Esse mecanismo tira a tensão de estar em um processo com alguém que você desconhece, deixa as sessões mais confortáveis e transparentes, e acelera o aprendizado dos dois participantes.

O último CD encerra os temas todos. Ao longo dos CDs, Goldsmith fala sobre o tema do livro, dando exemplos sobre como parar de fazer coisas que não são bem vistas em um líder. Não acrescenta muito além do livro (veja o review aqui).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s