Aventuras: USA – preparativos

Essa foi a viagem que mais levou tempo pra organizar e preparar e planejar. Mas isso tudo porque eu tinha que providenciar visto, queria uma passagem barata, e ainda tinha que comprar milhões de pequenas coisas que só quem já fez viagem internacional sabe. Graças a meus amigos, recebi dicas valiosas, que me ajudaram muito. (valeu, Carol!)

Como eu já estava viajando direto pro Rio, já estava sentindo falta de um travesseiro de pescoço. Numa das minhas idas para lá, fui na Le Postiche e comprei o travesseiro e o cadeado TSA, que estavam em promoção. Uma das melhores aquisições neste ano! Mesmo para viagens curtas, como é o caso de CG-CPS-RJ, ele já mostrou seu valor. E no voo de 9h até Dallas (e na volta de Miami) também. Fico imaginando como ficaria meu pobre pescocinho sem o tal travesseiro. E o que eu comprei é inflável, então posso carregar tranquilamente na bolsa que não faz volume.

Como eu já disse, viajei muito ao Rio este ano, então eu resolvi tirar meu visto por lá mesmo. Essa saga começou em fevereiro! Preenchi o formulário online, paguei a taxa e agendei para o final de março – data mais próxima disponível. Tirar o visto não foi o bicho-de-sete-cabeças que eu imaginei. Foi até simples. Só precisa ter muita paciência com as filas. É fila que não acaba mais. E me disseram que no Rio é mais simples que em SP, provavelmente pelo volume de pessoas. Bem, visto aprovado e sedex pago – agora era só esperar chegar pelo correio.

Detalhe que os Correios tentaram me entregar duas vezes! Em nenhum dos dois dias tinha gente em casa. Eu liguei na central de distribuição e pedi pra segurarem lá que eu mesma ia buscar. Imagina! Arriscar devolver pro remetente? De jeito nenhum! Tava uma chuva danada, mas saí de casa no sábado de manhã pra ir buscar meu passaporte. Que lindo!

Passo 2: comprar a passagem. É, porque não arrisquei comprar antes de estar com o visto em mãos. Vai que dá alguma merda? Pobre, já viu, né?

A média de preço estava em 1800 reais (ida e volta). Fiquei de olho. Alguns amigos meus também estavam de olho pra mim. Um belo dia, chego em casa, dou aquela olhadinha como quem não quer nada. E pronto! 950 reais ida e volta! E direto pra Philly! Liguei pra minha irmã e tava tudo decidido: comprei a passagem. Pra agosto! Nossa, a ansiedade tava matando! 3 meses de espera pela viagem. Mas passagem e passaporte na mão. Só que eu comprei saindo de Guarulhos, então eu ainda tinha que providenciar a passagem CG-GRU e CGH-CG. É que eu tinha um congresso em SP no retorno da viagem. Então os planos eram pegar o voo de GRU para PHL, ficar lá os 30 dias, conhecer algumas cidades, voltar no começo de setembro, ficar três dias em Campinas e depois ir para o congresso em SP. Como minha última parada era Sampa (perto do MASP), achei melhor sair de CGH.

E eu tinha milhas da TAM, então ficou fácil! Só que a TAM só deixa comprar com no máximo 60 dias de antecedência, quando é troca de milhas. Ou seja, comprei a ida e fiquei na pendência da volta. Mas consegui trocar os pontos e paguei só a taxa de embarque. Joinha!

Fase 3: planejar os passeios. Minha irmã ajudou pacas porque ela já tinha uma planilha dos passeios que ela fez com os custos da época. Também sabia de umas dicas boas, como os City Pass e o MegaBus (ônibus BBB!). Criamos uma planilha pra ir organizando os passeios e a estimativa de custo, porque eu tinha um budget meio apertado, que no final foi pras cucuias, mas tudo bem😛

Bom, o plano era conhecer Philly (onde ela mora, claro!), NY, DC e Boston. Se desse, queríamos ir até Niagara Falls. Até tínhamos planejado, mas em julho, quando estávamos decididas, desistimos porque disseram que a melhor parte era a canadense e eu não tinha visto e nem tempo hábil pra providenciar – isso porque nem falei do custo! Custava 400 reais pra tirar o visto que só valia uma entrada no país. Deixamos quieto.

Para Philly o plano era ir e voltar todos os dias, dormindo na casa deles. Para NY até dava pra fazer isso, mas não compensava pelo tempo em trânsito. Além disso, o trem sai de Trenton, que é meio longinho da casa deles. Então ia ficar de CS ou hostel. No final, não deu nem um nem o outro, mas isso fica pra depois. Boston eu combinei com o Marcelo de ficar na casa dele. Washington, CS ou hostel. Consegui couch por lá, mas conto em detalhes depois.

A viagem foi fantástica e vou escrever com detalhes cada trecho da viagem em uma série de posts. Fiz vários passeios legais. Passei por uma fase de home sickness grande, mas não deixei de fazer os passeios. Senti muita falta dos meus amigos enquanto estava lá. Não deixei de acompanhar as coisas por aqui, mesmo que de longe, vendo os encontros que o pessoal planejou e concretizou. Fiquei muito feliz de ver a interação do pessoal. Conheci muita gente legal. Tive experiências diferentes. Conheci lugares diferentes. Com certeza a viagem me mudou um pouquinho. Voltei mais aberta a viver coisas novas. E isto é muito bom🙂

3 thoughts on “Aventuras: USA – preparativos

  1. Pingback: Aventuras USA – Chegada | Vanessa's Blog

  2. Pingback: Aventuras: New York City – part 1 | Vanessa's Blog

  3. Pingback: Aventuras: New York City – part 2 | Vanessa's Blog

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s