Grandes momentos das minhas férias

Ah, estou inspirada de novo! E resolvi falar de algo bem alegre rs Alguns bons momentos que tive nas minhas férias.

Férias é algo meio novo pra mim. Quer dizer, viajar nas férias. Porque até há uns dois anos, eu só tirava férias para estudar para provas. Coisa chata. Mas agora que a faculdade acabou, e eu sou esperta e só faço curso à distância (LOL), posso curtir bem as minhas merecidas férias.

Essas últimas férias foram de 30 dias e muuuita coisa aconteceu. E foram 30 dias mesmo! Eu embarquei para Philly no dia 6 de agosto e só embarquei de volta pra SP em 7 de setembro. Fatos cômicos incluídos, btw.

Fazia muito tempo que não tomava overdose da minha irmã. Foi ótimo! Até pra NY fomos juntas🙂 Acho que foi o dia que melhor aproveitei NYC.

Amei Boston! Voltaria lá muitas vezes. É uma cidade muito gostosa, transmite um ar de tranquilidade que você não sente em muitos lugares. Fiz pouca coisa turística lá, mas fiz muitas coisas legais. Um amigo mora lá com a esposa e me mostrou muita coisa na cidade. Adorei velejar no Charles River, apesar de estar praticamente sem vento aquele dia e termos sofrido um pouco pra retornar hahahah

Ele me ensinou a jogar gamão – que era algo que eu estava querendo aprender há muito tempo! Clima muito divertido.. Nós dois num pub, jogando gamão e xadrez. Divertidíssimo.

Ah, Whale Watch! Foi em Boston, também. Adorei! Iria de novo, com certeza. Por mim eu ficava no barco o dia todo, lá em alto mar. Uma tranquilidade, um silêncio (apesar de ter mais 200 pessoas a bordo). Minha felicidade naquele momento transpareceu nas fotos que um gentil indiano tirou para mim🙂

DC foi chato. Eu estava meio deprê das férias já.. cansada de ficar transitando pra lá e pra cá. Perdi o terremoto (damn!). Quase perdi o Irene (hehe, passou longe, mas vimos o efeito em Bensalem).

Fatos interessantes sobre o transporte público. Os metrôs são invejáveis. Ônibus em Philly é fantástico! Não posso negar que eles sabem criar uma malha de transporte muito interessante e prática. Todos os tipos de transporte público estão integrados de alguma maneira. Amazing!

Só que descobri (da pior maneira) que não é só no Brasil que transporte público te deixa na mão… Eu tive a maior onda de má sorte com transporte ever! Veja e tire suas próprias conclusões:

  • Indo pra NYC, trem descarrilha na Penn Station. Conclusão: meu trem não pode sair de Trenton porque não tem como chegar em NY. Uma viagem que era pra ser de 1h30, se alongou por quase 5h!
  • Voltando de NYC o trem em que eu estava quebra na primeira estação! Muito azar! 30min de atraso.
  • Ida para Washington atrasada em 1h porque o ônibus quebrou voltando pra Philly. Daí não tinha carro pra levar a gente pra lá…
  • Viagem pra Boston. Trem urbano atrasa mais de 1h em Neshaminy Falls. Minha irmã e cunhado tiveram que me levar de carro até Philly…
  • Voltando de Boston, meu ônibus quebra… 2h de atraso até que outro carro chegue para nos pegar. Detalhe que isso era 4h da manhã e eu estava dormindo!
  • No dia de voltar pra casa, o mundo caiu em Philly. Aeroporto fechado para pouso, então não tinha aeronave pra decolar. Acabei ficando uma noite a mais por lá. No final foi bom, pq me mandaram direto pra SP, ao invés de BH como era a passagem original. E sem cobrar nada pela alteração da passagem – ô maravilha!

O atraso para chegar em Washington fez com que eu perdesse o terremoto, mas não a bizarrice toda lá na cidade. Pararam simplesmente tudo lá! Não circulava ônibus, metrô, carro, passarinho. Todos os estabelecimentos comerciais fechados. Todos os prédios evacuados. Uma quantidade de gente na rua que só tinha visto em filme. Nunca tinha visto tanta viatura (bombeiro, ambulância e polícia) juntos. Acho que fiquei uns dois dias ainda com sirene nos ouvidos.

Foi divertido ver aquele povo todo na rua. Pena que eu não senti o terremoto e não compartilhei do susto – que segundo minha irmã foi exagerado. Mas eu não perdi o pega-pega do Irene. Nunca mais vou esquecer nossa ida ao supermercado às vésperas da chegada do tornado. Não tinha água nas prateleiras, acredita? Loucura. Pior é que não tinha água em casa LOL. Tivemos que nos conformar com uma mísera garrafa de 1,5l.

Ah, fui no Fergie’s. Um pub irlandês em Central Philly. Tem gente que não acredita, mas eu tomei uma cerveja lá. Era uma Young’s Double Chocolate Stout. Ainda assim posso dizer que cerveja não faz meu gênero. Mudando um pouco o assunto… eu sempre digo que prefiro vinho tinto, mas eu comprei um vinho branco pro Thanksgiving que achei muito bom. Mudei minha opinião sobre vinho branco😉

Voltando… rs

NYC não me impressionou. A estátua da Liberdade é meio blah. Totalmente sem graça e sem emoção. Ellis Island é muuuito jóia. O Metropolitan é fascinante. E o Natural History, nem tanto. Adorei andar de bike no Central Park – vai ter subida e descida assim nos infernos! Não fui visitar os pinguins no Zoológico do Central Park. E choveu tanto no dia que eu cheguei que nem consegui chegar no portão do Brooklin Botanic Garden.

Provei waffles em um diner. Tomei café da manhã no Ihop. Comi corndog (tenho foto, mas não publico de jeito nenhum!). Comi o famoso cheesecake de morango, na Time Square. Comi no Olive Garden (lembrei da Penny rs). Subi as escadarias do Museum of Fine Arts em Philly. Vi o por-do-sol no Top of the Hub, em Boston.

Enfim, voltei com vontade de queiro mais🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s